COVID-19: Cacoal vacina mais de duas mil pessoas em um único dia, entre elas o jornalista Simões

Fonte: Daniel Oliveira da Paixão

Jornalista Siderlandio Simões foi um entre os mais de dois mil vacinados na jornada exitosa desta terça-feira, 13/04/2021

O prefeito Adailton Fúria informou que nesta terça-feira foram vacinadas mais de 2 mil pessoas com idades entre 60 e 62 anos. Entre os vacinados estava o jornalista e presidente da Associação de Imprensa de Cacoal, Siderlandio Simões.

Conforme informações do prefeito cacoalense, praticamente todas as pessoas acima de 60 anos receberam ao menos a primeira dose da vacina anti-covid. O número de dois mil vacinados em um único dia é bastante relevante e representa mais de 2% de toda a população de Cacoal que, segundo estimativas do IBGE, é de aproximadamente 90 mil habitantes.

Se equiparar a população de Cacoal com a do Brasil, seria como se o país vacinasse, em um único dia, mais de 4 milhões de pessoas. Satisfeito com o êxito dessa jornada, o prefeito Fúria afirmou que essa meta só foi alcançada em razão do esforço excepcional de cada profissional de saúde, a quem ele parabenizou pela dedicação.

Prefeito Adailton Fúria afirma que mais de 10% da população de Cacoal já recebeu ao menos uma dose de vacina contra a covid-19

Ao participar de um programa jornalístico comandado pelo apresentador Eliel Pereira, o prefeito afirmou que aqui no município, para que não paire nenhuma dúvida, os profissionais são orientados a mostrar as seringas com a vacina. O processo de vacinação, segundo ele, não teve nenhum incidente, apesar do cansaço de cada um dos profissionais, não houve um único incidente.

O jornalista Siderlandio Simões afirmou que está muito feliz por essa oportunidade de receber essa primeira dose e parabeniza o prefeito Adailton Fúria por coordenar esse processo de maneira tão bem organizada. “Estamos acreditando que nos próximos meses toda a população será vacinada e a cidade poderá retomar suas atividades. Ainda que os efeitos dessa pandemia levem alguns anos, com certeza a vacinação em massa da população vai permitir a retomada gradual de nossa economia”, concluiu o jornalista.

Sem-título-1.png