• Redação

“Não sou plano ‘B’ para disputar a vaga de governo; minha pré-candidatura é deputada federal”, afirm

Correspondente de Cacoal – Decidida, determinada e com pulso firme. Essas foram às características identificadas pela reportagem do jornal eletrônico Correio de Rondônia com relação à pré-candidata ao cargo de deputada federal, Jaqueline Cassol (PP). Durante entrevista a uma rádio rondoniense, a advogada e presidente estadual do PP afirmou, categoricamente, que não será pré-candidata ao cargo de governadora do Estado.

Segundo ela, desde que assumiu a presidência dos Progressistas, em 2015, sua pretensão permanece firme e voltada exclusivamente para Câmara dos Deputados Federais. “Não irei generalizar todos os políticos, principalmente os detentores de mandato, mas ao contrário de alguns, sou mulher de palavra e garanto, com todas as letras garrafais, que minha pré-candidatura é para o cargo de deputada federal”, confirmou.

Questionada sobre a possibilidade de ser o “plano B” nessas eleições ao cargo de governadora do Estado de Rondônia, caso seu irmão, Ivo Cassol (PP), não consiga o registro de candidatura, Jaqueline Cassol foi enfática nas palavras. “Sou pré-candidata a federal. Não existe nenhuma chance de concorrer ao governo. Já disse inúmeras vezes em entrevistas, reuniões, encontros e etc. Porém, acredito que algumas pessoas ainda insistem nesse assunto por acreditar que na política tudo é possível. Mas, quem me conhece sabe que sou mulher de palavra e firme nas minhas decisões”.

Jaqueline Cassol disse ainda que recentemente conversou com seu irmão, senador Ivo Cassol. “Ele sabe do meu posicionamento com relação a esse assunto. O povo rondoniense quer Ivo Cassol para governar o Estado e caso seja da vontade de Deus e da população representarei Rondônia com excelência na Câmara”, concluiu.

Fonte: Jornal Correio de Rondônia

#jaquelinecassol