• Redação

Parte dos vereadores querem antecipação das eleições da Presidência da Câmara, qual seria o motivo?


Em reunião das comissões extraordinária marcada para essa quarta-feira (08) para decidir sobre dois projetos de extremo interesse popular sendo estes os projetos “Criança Feliz” e “FITHA” alguns vereadores embarcaram um projeto para alteração do regimento interno que prevê as eleições que deveriam ser feitas no final de 2018 para ser feita até o final do mês de novembro de 2017.

Não existe nenhuma argumentação e justificativa plausível para tal fato, nem mesmo uma justificativa para estar em uma reunião de comissões extraordinária, logo fica a cada um dos eleitores imaginarem e pensarem o que está acontecendo na Câmara Municipal de Espigão d’Oeste.

Coube então a comissão de legislação e justiça que é formada pelos vereadores, Réga, Joveci e Genesio decidirem se o projeto iria ou não para plenário, por 2 votos (Joveci e Genesio) contra 1 (Réga) o projeto irá para plenário.

Para que o projeto estivesse nas comissões era necessário pelo menos 1/3 das assinaturas dos vereadores, e foi assinado pelos vereadores Joveci, Cocó, Augustinho, Adão e o presidente Joadir Schultz (Zonga).

Além do Réga, os vereadores Aluizio Lara e Lirvani Storch também já anteciparam seus posicionamentos contrários a essa decisão durante a reunião.

Opinião da Redação: Em momento de tantos transtornos, com projetos importantes em discussão, não é hora e nem momento de se pensar em presidência, é hora de esquecer do próprio umbigo e começar a pensar na população, foi para isso que os vereadores, representantes do povo foram eleitos.

Segue Vídeo da discussão durante Reunião:




Fonte: Espigão Agora

#Comissão #EspigãoAgora #Vereadores