• Redação

Prefeitura de Espigão do Oeste lança nota sobre a "água na ciclovia"


A administração municipal vem através desta nota, prestar esclarecimento à população de Espigão do Oeste, sobre o ocorrido na tarde desta quinta-feira 12/12, no trecho da ciclovia que liga o Bairro Jorge Teixeira ao centro da cidade. Um alagamento ocorrido em frente a represa danificou parte do aterro feito na implantação de um tubo Armco, com um temporal que alagou vários outros pontos da cidade.

Em nenhum momento a administração se redimiu de seu erro por não ter concluído a obra no local onde foi instalado um tubo ARMCO, para resolver este problema que vem se arrastando há anos.  O tubo implantado no local foi uma emenda do deputado Anderson Pereira para atender algumas necessidades do município e a total responsabilidade da implantação e construção da boca de ala, esta foi de responsabilidade da prefeitura. Para conclusão do serviço foi necessário a licitação do material que devido a burocracia e falta de recursos a obra não havia sido concluída ainda.

O prefeito Nilton Caetano informa a população que já determinou ao secretário que faça os reparos necessários no local até que o processo licitatório fique pronto e a obra possa ser concluída, haja visto que  este é um problema que se estende por décadas e administração está a todo custo na busca da solução, os trabalhos da equipe de engenharia estão corretos, o único erro foi o atraso na construção da boca de recepção de água, após a construção da boca do tubo o local não mais terá alagamentos.

Para conclusão da calçada foi necessário a implantação do tubo e a equipe da COTRAN estava no aguardo da conclusão do processo Licitatório para a compra do material e assim poder realizar a construção da boca de entrada de água da galeria, pois se ficasse aberta os danos poderiam ter sido muito maiores. A finalização da obra já estava programada para ser nos primeiros dias do mês de janeiro, mas como todos não esperávamos um temporal com um volume de água tão grande assim, alagando vários pontos da cidade.


Fonte: Assessoria